terça-feira, 17 de outubro de 2017

CURIOSIDADES DO DIA !


























Curiosidades












































BOCA ABERTA QUASE FOI PRESO AO DISCUTIR COM O PRESIDENTE DA CÂMARA!







                       Dizem que quem fala o que quer, ouve o que não quer. 

CADÊ VOCÊS AMIGOS APOSENTADOS ?






Aonde estão meus antigos amigos que hoje estão na geração dos 50 aos 70 anos ? Cadê vocês velhos amigos? Sumiram... não os vemos mais, cadê vocês? Grandes saudades dos velhos tempos. Em Londrina a gente passa pelo Calçadão, anda nos bairros , cadê eles? É uma alegria encontrar uma destas joias raras do nosso passado. Parece que hoje  o mundo gira exclusivamente para os mais jovens, bonitos e baladeiros.
Os amigos de cabelos brancos sumiram. De todos os lugares. Uns e outros ainda se encontram no para um rápido bate papo. Não há mais lazer. Se ficar sem beber, sem um bar para encontrar os poucos conhecidos que restam, o sessentão poderá se sentir em Marte, completamente excluído. Nem o telefone toca. Não tem mais , as peladas, as pescarias, o dinheiro sobrando, o clube social. E nem a resistência de antes. Sumiram as caronas, ninguém chama, ninguém liga, ninguém mais existe. Resta a visita dos filhos com os netos e alguns amigos. Se gostar de livros, música , ainda se distrai, menos mal.

Em Londrina a solução é o Lago Igapó, pra quem gosta de caminhada, não tem alternativa. Nossa cidade é bonita, porém falta muita coisa para os da terceira idade. O que fazer aqui? Aonde ir?

SENHORES PAIS!...COMO ABENÇOAR SEUS FILHOS?



Um costume antigo que os pais e as mães podem repetir todos os dias

Atenção, papais e mamães! Vocês têm uma linda missão de vida: apresentar seus filhos a Deus. O Catecismo da Igreja Católica explica que: “Pela graça do sacramento do matrimônio, os pais receberam a responsabilidade e o privilégio de evangelizar os filhos. Desde tenra idade devem iniciá-los nos mistérios da fé, de que são os «primeiros arautos». Hão de associá-los, desde a sua primeira infância, à vida da Igreja. A maneira como se vive em família pode alimentar as disposições afetivas, que durante toda a vida permanecem como autêntico preâmbulo e esteio de uma fé viva.”(CIC 2225).
Com toda certeza, esta não é uma tarefa fácil. Frequentemente, pode até parecer infrutífera. E digo mais: talvez nós nunca vamos saber a influência religiosa que tivemos sobre nossos filhos. Mas é preciso exercê-la.
Uma parte importante da “evangelização” de nossos filhos é bastante simples e muito antiga. É a chamada “Bênção Parental”, que consiste na habilidade de derramar as bênçãos de Deus sobre nossos filhos. Como pais e mães, temos o dever de confiar nossos filhos a Deus e nossas orações têm um duplo efeito sobre eles. Por quê? Porque Deus nos deu nossos filhos e é nosso dever devolvê-los a Ele.
Exemplos de Bênçãos Parentais podem ser encontrados ao longo do Antigo Testamento. Um dos exemplos mais conhecidos é o de Isaac, que abençoa seu filho Jacó (cf Gênesis 27).
Em Números, está a conhecida Bênção Aarônica ou Bênção Sacerdotal: “O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê a paz” (Números 6:24-26). Linda e verdadeira, não é?
Outra Bênção Parental pode ser encontrada no livro de Tobias, onde Tobit abençoa seu filho Tobias, que está prestes a partir para uma viagem: “Que Deus nos céus te proteja no teu caminho e te traga salvo de volta pra mim; que o teu anjo te acompanhe “(Tobias 5:17).
Todas essas orações você pode recitar para seus filhos. Outra maneira simples de fazer isso seria pegar um pouco de água benta (se disponível) e traçar o sinal da cruz na mão direita de seu filho (ou simplesmente colocar a mão na cabeça dele). Ao fazer isso, você pode rezar qualquer uma das orações acima, ou apenas dizer: “Que Deus o abençoe em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.
Não existe uma fórmula definida para a oração de bênção dos filhos. Ela pode até ser espontânea. O importante é invocar a benção de Deus sobre eles, reconhecendo o poder que Ele lhe deu como pai ou mãe.
Este tipo de bênção é comumente feita na hora de dormir, mas também pode ser aplicada antes de seu filho ir para a escola, embarcar em um ônibus ou fazer uma viagem. Isso lhe dará conforto adicional para saber que Deus está com eles enquanto eles saem de sua casa e um anjo está a seu lado a cada passo do caminho.
Não é fácil ser pai e mãe e ter que ensinar a fé aos filhos. No entanto, com a ajuda de Deus, todas as coisas são possíveis. E eles, um dia, vão te agradecer por isso.
Fonte: pt.aleteia.org/2017/08/24/como-abencoar-nossos-filhos/

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

A HISTÓRIA DO PÃO DE QUEIJO..."UAI !"




Em férias fui a cidade em que nasci Bom Jesus de Penha e Nova Rezende... em cada casa que a gente visitava, depois de alguns papos, surgiam-se os pães de queijo deliciosamente quentinhos e um café caprichado, alguns feitos em fogão a lenha. Que delícia? Que bom ser mineiro!!!
Pergunte a uma cozinheira mineira qual a origem de sua receita de pão de queijo. E prepare-se para escutar um sonoro “Uai!”, de tão absurda que soa a pergunta. Desde que Minas é Minas, mães ensinam às filhas a fórmula de família – e cada uma tem a sua, com aquele segredinho que faz a diferença. “Uma usa leite, outra só água, uma prefere banha ao óleo, mas o princípio é sempre o mesmo”, afirma a chef Heloisa Bacellar, proprietária do restaurante Lá da Venda, em São Paulo, onde se compra um dos pães de queijo mais gostosos da capital. Foi na cozinha da fazenda do pai, em São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba, interior paulista, que ela cresceu comendo e modelando pães de queijo. “É uma receita muito coerente com a vida rural. O pedaço de queijo que sobrou e ficou meio durinho vira o pão do outro dia.”
O pão de queijo, na realidade, não poderia ser considerado como tal. Está mais para um biscoito de polvilho modificado, que adquire textura macia pela adição do queijo meia cura ralado. Tudo indica que seja mais uma das adaptações estimuladas pela falta de ingredientes – foi somente no começo do século 20 que o trigo passou a ser cultivado em larga escala no Brasil. Antes, o jeito era quebrar o galho com os derivados da mandioca, herança indígena fácil de encontrar em qualquer rincão do país. O que ninguém sabe ao certo é quando aconteceu esse feliz encontro entre o polvilho e o queijo mineiro. “Não há consenso. De acordo com os estudiosos, a receita existe desde o século 18”, afirma Roberta Malta Saldanha, autora do livro Histórias, lendas e curiosidades da gastronomia (Editora Senac Rio).

Para fazer um pão de queijo bom de verdade, ensina Heloisa, o segredo está na escolha dos ingredientes. O polvilho industrializado, ela avisa, tem granulação uniforme e prejudica a textura – melhor optar pela versão artesanal, com gruminhos. Ovos caipiras garantem coloração amarelinha e turbinam o sabor. Por fim, o queijo precisa ser firme o bastante para ser ralado, e bem salgadinho. “Uso o da Serra da Canastra, mas já fiz experiências bem-sucedidas até com queijos franceses, como o comté e o gruyère.” E, para acompanhar, pão de queijo pede mesmo aquele cafezinho feito na hora – aí não tem pra mais ninguém.
Já a mulher que tornou o pão de queijo famoso muita gente conhece: Arthêmia Chaves Carneiro, aquela simpática senhora de óculos que virou símbolo da rede Casa do Pão de Queijo. Mineira, claro, e célebre por seus pãezinhos, ela começou a vendê-los para restaurantes na década de 1960. E fez tanto sucesso que, em 1967, seu filho, Mário, achou que era hora de inaugurar uma loja própria no centro de  São Paulo. Dona Arthêmia morreu em 1997, aos 92 anos. A rede, hoje nas mãos do neto, Alberto Carneiro Neto, continua de vento em popa: produz 60,6 milhões de pães de queijo por ano e conta com mais de 400 franquias no país.

BRIGA DE GALO X CACHORRO... QUEM GANHA?


1 371 100 visualizações
Que galo é esse? Parece com Lampião. O cachorro pulou fora.

DIVULGAÇÃO VIA INTERNET: PROGRAMA DE TRABALHO EM CASA...OLHE,PENSE E DECIDA!





Oferecemos ganhos de R$ 3.488,50 por mês + Ajuda de custo de R$ 1.750,00 + 1(um) Notebookpara interagir direto com a empresa!
Estamos recrutando pessoas de todo o Brasil para trabalhar em casa em uma grande Empresa com um novo método de trabalho inédito, nosso trabalho é muito simples e exige apenas habilidades manuais, é uma atividade simples e está ao alcance de qualquer pessoa. Você so precisará de um pequeno espaço com mesa e cadeira em sua casa. Saber ler e escrever, ter no minimo 18 anos e ter 3 horas disponíveis por dia. Atenção: Não se trata de marketing multinivel, pirâmides, marketing digital ou vendas, nosso sistema de trabalho é inédito no mercado brasileiro na qual você ficará Impactado!
Para receber sua Ficha de Inscrição, favor preencher o formulário abaixo corretamente sem erros e brevemente sua ficha estará chegando em sua casa via correios.

— Garanta sua vaga hoje mesmo pois em poucos dias iremos fechar as vagas disponíveis —

DADOS
Nome completo *
E-mail *
Sexo Masculino Feminino

DADOS DE ENDEREÇO
Endereço
Número
Complemento ( Ex: Bloco A , Apto 101, Caso não tenha deixa em branco )
Bairro
CEP
( Somente números 8 digitos - Ex: 15335-970 - Evite erros, para receber sua carta )
Cidade
Estado (Ex.: SP, SC, RS, RJ)

CÓDIGO DE SEGURANÇA
Repita * 469





Política de Privacidade - Não repassamos seus dados


404.352 visitas recebidas até o momento.

Copyright © 2016, Vagas Trabalho Em Casa - Todos os direitos reservados. ( 4 )

QUAL É O SEGREDO DA LONGEVIDADE?

Frei Antônio Aparecido De Lima - Foz do Iguaçu. Repassado ao blog Comunicando para Refletir


OS CONVIVAS DO JANTAR 
Foi num jantar de aniversário, com muita descontração e familiaridade. Todos comiam e bebiam na maior despreocupação. Entre os convidados estava também o médico do lugar, sempre misturado com a turma. Conversando e brincando, não deixava de ser um fino observador. O hospedeiro, muito solícito e serviçal como acontece em tais festas, passava de um convidado para outro, oferecendo bebidas, pedindo que provasse este ou aquele prato, que não fizesse cerimônia, e assim por diante. Dois desses convivas chamaram a atenção do médico. Um deles, a quem o dono da festa insistia para que experimentasse tal prato, provasse tal bebida, respondia com muita educação:
— Infelizmente tenho problema de saúde. A diabete me obriga a ter um regime especial. Só aceitava e comia o que não estava proibido pelo seu regime.
O outro convidado, porém, não regateava, nem recusava nada. Comia de tudo e com fartura. Vangloriava-se, dizendo:
— Graças a Deus posso comer de tudo. Tenho bom estômago. Posso até abusar de vez em quando. Terminou a festa. Cada um foi se retirando com os costumeiros e efusivos agradecimentos. Tudo parecia ter-se aquietado. Lá pelas tantas da madrugada, tocou o telefone do médico:
— Doutor, é possível atender um caso urgente?
— Sim. Mas... quem está passando mal?
— Um dos convidados da festa de ontem. Venha logo. O doutor pegou o endereço e foi às pressas. A vítima do mal súbito era exatamente aquele que alardeara saúde, vangloriando-se que podia comer de tudo.
PARA REFLETIR: Nunca levantar-se da mesa inteiramente saciado, eis uma receita de longa vida.

SUCESSO NA INTERNET: MENINA ELIS DANÇA "BEYONCÉ" DIVERTINDO A TODOS!



A menina Elis está a fazer um enorme sucesso na internet, e tem motivos para isso. Ela dança a música Formation, da Beyoncé, e posso dizer que a menina é linda.
O talento desta pequena para a dança é inegável, e está a deixar todos apaixonados por ela.

A VOZ DA SABEDORIA DIZ : " FALE MENOS E OUÇA MAIS!"


fale menos


‘Na multidão de palavras não falta transgressão, mas o que modera os seus lábios é prudente.’ Provérbios 10:19
Há vários versículos na Bíblia que falam sobre o falar demasiado. Falar demais pode nos levar a dizer o que não devíamos ou não queríamos tornar conhecido. Quantas vezes o pivô de uma discussão foi uma palavra dita fora de tempo ou pronunciada da maneira incorreta? 
 A Bíblia no diz que até um tolo se passa por sábio quando fica de boca fechada, então por que falar tanto? Isso não quer dizer que você agora deva ficar em silêncio o máximo de tempo possível a fim de evitar problemas, mas que você deve ponderar o seu falar e fazê-lo com moderação.

 

Separei aqui algumas situações práticas nas quais devemos moderar o nosso falar.
1. Quando for acusado de algo
Fale apenas na presença de seu advogado ( rsrs). Deixando a brincadeira  de lado, procure não alimentar uma discussão com palavras, mas também não deixe que apenas o silêncio impere. Modere-se. Escute primeiro, principalmente se a a pessoa que discute com você está muito alterada. Não queira ter razão, mas escolha ser um pacificador.
2. Quando alguém vier trazer uma fofoca
Fofocas são terríveis sempre e algumas pessoas gostam de fazer isso quase que por hobbie. Não faça parte dessa teia nociva e quebre o ciclo dessa prática desleal se ela chegar até você. Se alguém do seu trabalho, da sua igreja ou de qualquer outro local de convívio social trouxer informações que você não pediu, peça que tal pessoa procure a parte interessada para resolver o problema que ela tem. As fofocas podem fazer você ter uma visão errada de determinado indivíduo mesmo antes de conhecê-lo e pode também ser a causa de inúmeras injustiças.
3. Quando não tiver certeza de algo
Na dúvida, cale-se. Perguntaram algo a você e não sabe responder? Não invente, tenha a humildade de dizer que não sabe, mas não balbucie palavras ao vento como se fosse um ‘Expert’ no assunto se você conhece pouco sobre ele. Situações assim são muito comuns em ambientes de trabalho(reuniões em grupo) ou em salas de aula. Já vi muitas situações de pessoas no meu trabalho que pecaram pelo ‘excesso de sabedoria’ . O pior ainda é tentar consertar falando ainda mais.
 
4. Quando a situação envolver seus pais e seus amigos verdadeiros.
Esse ao meu ver é o ponto mais importante. Quem nunca se envolveu em uma discussão de família ou amigos e logo quis passar e rosto todas as benesses que fez por tais pessoas? Somos assim mesmo, falhos e achamos que fizemos muito quando na verdade só fizemos o que deveríamos fazer.
Quando o nosso coração estiver tentado a ser arrogantes com pessoas queridas, o melhor é se calar, sofrer o dano. Depois quando o calor da situação der lugar a uma temperatura mais amena, aí sim é hora de conversar e acertar os ponteiros com calma. Procuremos evitar ferir pais e amigos. Sei que as feridas feitas por aquele que ama são leais, mas existem maneira mais amorosas de falar a verdade. Algumas verdades vão doer de qualquer jeito, mas podem ser melhor comunicadas se utilizarmos bem as palavras e falarmos o que deve ser dito com amor.